Home > Gerais > Após denúncia de água escura nas torneiras, Samae de Blumenau investiga possível crime ambiental

Após denúncia de água escura nas torneiras, Samae de Blumenau investiga possível crime ambiental

Após denúncias de moradores do Bairro Itoupavazinha sobre água escura nas torneiras das residências, equipes do Samae de Blumenau iniciaram um trabalho nesta quarta-feira (20) para tentar identificar o resíduo. O líquido, semelhante a piche, chegou nas torneiras por meio da rede de água em aproximadamente 30 residências do bairro.

A suspeita da autarquia é de tenha ocorrido crime ambiental, já que de acordo com amostras coletadas, o dejeto encontrado se assemelha a piche, ou seja, o asfalto em forma líquida. 

O resíduo não faz parte dos produtos utilizados na produção de água, como também na manutenção da rede, explica o órgão. Amostras já foram enviadas para laboratório para identificação completa do resíduo.

O Samae comunicou no final da tarde desta quarta-feira (20) que produzirá os relatórios necessários e irá tomar as medidas cabíveis. A autarquia informa também que irá visitar todas as residências para fazer levantamento dos prejuízos e dentro da comprovação dos danos, irá indenizar os moradores.