Home > Gerais > Mais de 440 pessoas participam de projeto gratuito voltado à saúde mental e bem-estar nas escolas públicas de Gaspar

Mais de 440 pessoas participam de projeto gratuito voltado à saúde mental e bem-estar nas escolas públicas de Gaspar

As oficinas acontecem até novembro nas escolas Professor Vitório Anacleto Cardoso e Marina Vieira Leal

Uma pesquisa realizada no fim de 2022, pelo Datafolha apontou que 80% dos brasileiros entre 15 e 29 anos tiveram algum problema de saúde mental. Ainda de acordo com a pesquisa, os sintomas incluem pensamentos negativos, dificuldades de se concentrar e crises de ansiedade. Conversar sobre as emoções dos jovens, principalmente nas escolas, permite intervenções que ajudam a melhorar a saúde mental desses adolescentes apresentando alternativas e reflexões sobre os principais assuntos que causam esses problemas, combatendo o comportamento de risco.

Um exemplo de projeto que visa o desenvolvimento de competências socioemocionais entre adolescentes é o Interligando Emoções, realizado pela Olakunde Associação. Atualmente o projeto está sendo desenvolvido nas escolas públicas de Gaspar, Professor Vitório Anacleto Cardoso e Marina Vieira Leal, atendendo mais de 440 pessoas – estudantes, pais e responsáveis.

De acordo com Shirlei Fabiana Silva, idealizadora do Olakunde, a iniciativa tem como objetivo fortalecer aspectos como o desenvolvimento psicoemocional, autoconhecimento, conexão familiar, pensamento crítico, habilidades para lidar de forma assertiva com suas emoções internas.

“Desenvolveremos para os estudantes oficinas de Planejamento Existencial e temáticas com foco no autoconhecimento. Já para pais e responsáveis ofertaremos palestras e oficinas temáticas. A ideia é interligar a família com seus filhos, com isso, atenderemos aos interesses do edital em promover direitos à vida, saúde mental e emocional, educação, cultura, construiremos assim conexões na superação das demandas psicoemocionais ”, explica Shirlei.

A iniciativa é financiada pelo FIA – Fundo da Infância e Adolescência. As atividades do iniciaram no dia 31 de agosto e seguem até o mês de novembro. Um dos temas que será trabalhado é a questão da saúde mental e emocional de crianças, adolescentes, pais e responsáveis, inclusive conversas para combater ansiedade, pensamento suicida, automutilação e assuntos relacionados.

O Projeto Interligando Emoções representa um importante passo na promoção do bem-estar e no fortalecimento das habilidades socioemocionais de adolescentes e suas famílias, contribuindo para um futuro mais saudável para a comunidade de Gaspar.

Sobre a Olakunde

A Associação Educacional de Formação Intercultural Olakunde tem como missão transformar vidas, a partir do atendimento de crianças, adolescentes, adultos, idosos, famílias e a comunidade em geral. O foco de atuação abrange os campos da educação, saúde e cultura, buscando contribuir para o desenvolvimento local da comunidade.

A instituição se dedica a diversas atividades como cursos, oficinas, palestras, aulas, treinamentos, seminários e eventos culturais. A Olakunde está empenhada em promover ativamente o desenvolvimento humano e a construção de uma sociedade mais digna, justa, fraterna, cidadã e igualitária.

Atuando em parceria com a Associação de Pais e Professores (APP) de escolas públicas de várias cidades da região, os recursos captados através CMDCA/FIA, permitiu a implementação de inúmeros projetos.

Fundada pela educadora Shirlei Fabiana Silva, pedagoga e empreendedora educacional, a Associação Olakunde iniciou as atividades em 2021. É composta por um coletivo de educadores de diversas áreas que compartilham dos princípios de uma educação emancipadora, embasada na técnica, ciência, amor e coragem para a construção de conhecimento.