Home > Saúde > Mais de 70 cães de raça são resgatados em canil clandestino em Camboriú

Mais de 70 cães de raça são resgatados em canil clandestino em Camboriú

Uma operação resgatou 76 cães de raça em uma casa usada como canil clandestino em Camboriú.

A residência era tapada com tapumes para impedir a visibilidade dos animais, que viviam em condições de maus-tratos. A Polícia Civil informou, nesta sexta-feira (18), que uma pessoa foi presa em flagrante.

No local, havia cachorros das raças Lulu da Pomerânia, Shih-tzu, Yorkshire, Pinscher e Chihuahua, que podem ser encontrados em anúncios na internet por mais de R$ 7 mil.

“Todos tinham algum problema: lesão de pele, pulga, dermatite, alguns cegos também. Alguns bem idosos que ainda eram usados para procriação”, relata o presidente.

Segundo o presidente do Grupo de Operação e Resgate (GOR) em Camboriú, Pedro Henrique, alguns cães ficavam presos em gaiolas, outros eram inseridos em cantos improvisados da casa, que “tinha fezes por todos os lados” 

A Polícia Militar informou que foram feitas diversas denúncias sobre o canil clandestino. De acordo com a PM, foi constatada “a precariedade das condições de saúde dos animais, bem como falta higiene e salubridade do ambiente e superlotação”.

A situação foi divulgada na web pelo deputado estadual Egidio Ferrari, que também esteve no local e informou que a casa possuía tapumes para impedir a visibilidade dos animais.

Os cães, de acordo com ele, estavam em espaços pequenos, com pouca água e comida. Também faltava ventilação e iluminação adequada, e muitos apresentam problemas de saúde.

“Nós recebemos mais de 20 denúncias sobre o mau cheiro e o grito dos animais. Quando chegamos no local, além das condições insalubres,”, afirmou.

Os animais passam por avaliação veterinária e ficarão sob os cuidados do GOR.

Click Notícias

FONTE: G1