Home > Policial > Operação “Mercadores da Morte” investiga suposto cartel no setor funerário em SC

Operação “Mercadores da Morte” investiga suposto cartel no setor funerário em SC

GAECO cumpre 20 mandados de busca e apreensão em ação contra crime econômico.

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), em colaboração
com a 29ª Promotoria de Justiça da Capital e a 6ª Promotoria de Justiça de Criciúma, desencadeou
nesta terça-feira (28/11/23) a operação “Mercadores da Morte”. A ação visa apurar suspeitas de crimes
contra a ordem econômica, cartel, delitos relacionados ao consumo e ameaças à paz pública.

A investigação teve início em 2022 e concentrou-se na atuação de empresas do setor funerário.
Segundo as apurações, o esquema teria começado em Florianópolis e se estendido para Criciúma,
mantendo um modus operandi uniforme. As empresas funerárias sob investigação teriam
estabelecido regras e preços inflados para os serviços, suprimindo a concorrência.

A operação conta com a participação de 118 policiais ligados ao GAECO e abrange as cidades de
Florianópolis, São José e Criciúma. Até o momento, diversos itens foram apreendidos, incluindo
documentos relacionados a concorrência pública, renovações contratuais, dispositivos móveis,
recursos financeiros e outros

GAECO
O GAECO é uma força-tarefa composta, em Santa Catarina, pelo Ministério Público de Santa
Catarina, pelas Polícias Militar, Civil, Penal, Polícia Científica e Rodoviária Federal, pela Receita
Estadual e pelo Corpo de Bombeiros Militar e tem como finalidade a identificação, prevenção e
repressão às organizações criminosas.