Idosa é assassinada a tiros por companheiro após ficar trancada em casa em SC

Mais uma mulher foi vítima de feminicídio em Santa Catarina. Uma idosa de 70 anos foi assassinada a tiros na noite desta segunda-feira (22) em Concórdia, no Oeste catarinense. O suspeito é o companheiro dela, de 72 anos, que foi encaminhado ao hospital após também ser baleado e segue internado.


O caso ocorreu por volta das 21h15, no bairro Catarina Fontana. Em um primeiro momento, a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de violência doméstica. Ao chegar no local, a equipe encontrou o suspeito, trancado dentro de casa, com a companheira.


Vizinhos da víitma informaram à polícia que ele estava armado. Além disso, de acordo com a PM, a todo momento o homem dizia que iria "matar a mulher".


— A residência estava fechada, inclusive com cadeados, o que dificultou a chegada dos agentes de segurança — pontua o tenente-coronel Froehner.

Após verificar a situação, a polícia tentou negociar com o suspeito para que a vítima fosse liberada. Porém, segundo a PM, ele não atendeu aos pedidos, fez um disparo no chão e depois atirou contra a companheira.


Ainda de acordo com a polícia, ao entrar na casa depois dos disparos, o homem teria investido contra a equipe, momento em que ele foi atingido por um disparo de arma de fogo no abdômen. Ele foi encaminhado ao hospital pelos bombeiros.


Já a mulher, que não teve o nome divulgado, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Equipes da Polícia Civil e do Instituto Geral de Perícias (IGP) também estiveram no local, acompanhando a ocorrência. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de Concórdia.


Click Notícias

Fonte:

NSC



21 visualizações0 comentário