Máscaras não serão mais obrigatórias em ambientes abertos em SC

O governador de SC, Carlos Moisés, editou nesta quarta-feira (24), um novo decreto alterando algumas regras da pandemia no Estado. As máscaras em locais abertos não são mais obrigatórias, desde que seja respeitado o distanciamento.


Os eventos estão permitidos com 100% de público, mas é preciso seguir os protocolos de vacinação ou testagem. No casos das vacinas, adultos com duas doses, adolescentes com pelo menos uma e as crianças, acompanhadas dos responsáveis, liberadas. A determinação para regras básicas já bem conhecidas, como higienização, distanciamento e máscaras em locais fechados, segue valendo.


O Estado de Calamidade Pública em SC foi prorrogado até o fim de março de 2022.

Mudanças no futebol

O acordo entre a equipe da saúde de SC, a prefeitura de Florianópolis, o Avaí e a Federação Catarinense de Futebol, para aumentar a capacidade de público nos estádios de 50% para 70%, durou 24 horas. Como prometido, o pedido feito pelo clube e pela FCF para que o Estado autorizasse os 100%, ou pelo menos 80%, foi levado ao governador Moisés.


E nesta quarta (24), veio a reposta. A capacidade total, 17.800 torcedores, está permitida e a Ressacada poderá lotar no próximo domingo, quando o Avaí joga o acesso à Série A do Brasileiro contra o Sampaio Corrêa.


A prefeitura de Florianópolis vai acompanhar a decisão do Estado. Mas vai cobrar o “passaporte de vacinação”, valendo desde o dia 16 na cidade. Portanto, sem vacina, não entra no estádio, mesmo com teste negativo para a Covid-19.


Click Notícias

Fonte: NSC


28 visualizações0 comentário