Mulher que tomou chá emagrecedor de 50 ervas morre em SP

Depois de tomar cápsulas de um chá emagrecedor de 50 ervas, a enfermeira Mara Abreu não resistiu ao transplante de fígado, rejeitou o órgão e faleceu. O velório da paciente aconteceu nesta sexta-feira (4), em São Paulo.


O caso de Mara ganhou notoriedade após a cirurgiã Liliana Ducatti Lopes contar sobre a situação da paciente nessa quinta (3), no Instagram. A enfermeira tomou o medicamento e teve hepatite fulminante, necessitando de um transplante de fígado urgente.


Em entrevista ao G1, Márcia Cristina Oliveira, prima de Mara, contou que ela conseguiu o fígado para o procedimento, mas o organismo rejeitou o órgão. Enquanto esperava por um novo doador, a enfermeira não resistiu.


Click Notícias

Fonte: NSC





0 visualização0 comentário