Nova CNH 2022: Saiba o que muda com nova roupagem

Segundo resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a adoção da nova CNH deve iniciar a partir de 1º de junho. O documento poderá ser emitido no formato tradicional, impresso, ou de maneira digital, mas também estará disponível por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito.


A mudança será obrigatória, a partir dessa data, aos motoristas que forem renovar sua carteira ou tirar a primeira habilitação. Portanto, o processo será realizado de modo gradual, sem a necessidade de que todos façam a troca imediata para o novo padrão.

O principal objetivo da novidade é tanto padronizar o modelo da CNH brasileira com os modelos internacionais, como também promover mecanismos de segurança mais sólidos contra falsificações.


Quais são os itens de segurança da nova CNH 2022?

Entre as principais novidades de segurança, estão:

  • Utilização de uma tinta especial fluorescente na emissão da nova CNH, que brilha no escuro;

  • Aplicação de itens visíveis apenas luz ultravioleta;

  • Holograma na parte inferior do documento.

Além disso, o QR Code, que começou em 2017, segue no verso da carteira de motorista, possibilitando o acesso via aplicativo às informações referentes ao condutor.

Quais as mudanças da nova CNH?

Em primeiro lugar, a cor do documento terá alterações. O modelo atual possui predomínio de tons de verde e o novo vai combinar verde e amarelo.

Outro ponto de mudança é em relação à assinatura, que ficará na parte superior logo abaixo da foto. Atualmente, ela fica depois da dobra.


Na seção inferior, vem a maior alteração, já que irá entrar um quadrante com silhuetas de veículos e os códigos das respectivas categorias. Então, o motorista será marcado nesses quadros para as categorias em que estiver habilitado.


Na sequência, virá um espaço de observações. Nele, deve-se informar restrições médicas, se o condutor possui atividade remunerada, entre outros.

Este novo padrão passa a funcionar para todos os motoristas, incluindo aqueles com Permissão para Dirigir. Estes condutores iniciantes com a autorização temporária concedida terão a identificação com a letra P ao lado superior direito da nova CNH.


Já os motoristas com o documento definitivo terão a letra D na carteira de habilitação.

Mais um ponto interessante diz respeito que a nova CNH permitirá a inclusão do nome social e da filiação afetiva do motorista que desejar.


Como funcionará a validade da nova CNH?

Apesar dessas novidades na CNH 2022, a validade continua igual. Para motoristas com idade inferior a 50 anos, o prazo é de 10 anos. Já, para condutores entre 50 e 69, o documento vale por 5 anos. E, para motoristas de 70, a regra determina a renovação a cada 3 anos.


Validação de CNH por empresas

No entanto, mesmo assim, os negócios devem se preocupar com a validação de CNH durante o processo de cadastro dos novos condutores para atuarem em parceria com você.

Dessa forma, você consegue minimizar os riscos a que sua empresa está exposta, como acidentes, subtração de cargas, roubo de pessoas, e até mesmo roubo de veículos.


Inclusive, as organizações podem também se manter em compliance com as legislações. Afinal, a lei nº 13.640 estabelece que os motoristas devem apresentar Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior, indicação de exercício de atividade remunerada e certidão negativa de antecedentes criminais para atuar no setor.


Leia também: Validar CNH no cadastro: como fazer de forma segura?

Para sua empresa realizar a verificação adequada da CNH, é possível usar algumas tecnologias, como por exemplo as ferramentas de:

  • Optical Character Recognition (OCR), que, a partir do envio da foto do documento, automatiza a extração de dados e informações, agilizando o processo de preenchimento de cadastro e evitando erros;

  • Face Match, cujo funcionamento usa o reconhecimento facial para verificar o motorista. Neste processo, a foto/selfie do usuário passa por uma comparação para identificar se a pessoa que detém a CNH é a mesma que está aplicando para o cadastro;

  • Background check, que realiza uma consulta das informações fornecidas pelos condutores em fontes de dados públicos ou privados para verificar o usuário e aprová-lo ou não.

Click Notícias

Fonte: Id Blog



17 visualizações0 comentário