Home > Gerais > Segredos de beleza no ensino médio: guia prático para uma pele radiante

Segredos de beleza no ensino médio: guia prático para uma pele radiante

Dermatologista destaca a importância de hábitos de skincare na adolescência para prevenir problemas como acne e promover a autoestima dos jovens

A adolescência é um período em que ocorrem muitas mudanças físicas, hormonais e emocionais. Durante essa fase, a pele também passa por transformações devido à puberdade, o que pode resultar em problemas como acne, cravos, espinhas e pele oleosa.

Segundo a doutora Mayla Carbone, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), desenvolver bons hábitos de cuidados com a pele na adolescência pode estabelecer uma base sólida para a saúde da pele ao longo da vida. Isso inclui práticas como limpeza regular, hidratação e proteção solar. “A aparência da pele pode ter um impacto significativo na autoestima dos adolescentes. Ao cuidar da pele e tratar problemas como acne e cravos, os adolescentes podem se sentir mais confiantes e confortáveis em sua própria pele para lidar com o dia a dia na escola”, aponta.

Entre as dicas, Mayla ressalta a limpeza regular do rosto, duas vezes por dia, além de evitar produtos agressivos que possam ressecar excessivamente a pele, pois isso pode levar a um aumento da produção de óleo. “Opte por produtos específicos para peles oleosas e acneicas, que geralmente contêm ingredientes como ácido salicílico ou ácido glicólico e certifique-se de que os produtos sejam não comedogênicos, ou seja, que não obstruem os poros”, recomenda.

Mesmo se a pele for oleosa, ainda é importante usar um hidratante leve. Produtos oil-free ou em gel ajudam a manter a pele equilibrada. Mayla sinaliza também a importância do uso do protetor solar adequado para cada tipo de pele, que deve ser usado diariamente, mesmo em dias nublados.

“Resistir à tentação de espremer cravos e espinhas pode prevenir cicatrizes e infecções. Se precisar, procure a ajuda de um dermatologista para procedimentos adequados”, ressalta.

Manter uma dieta balanceada, rica em frutas, vegetais e água é um diferencial. A adolescência é uma fase difícil nesse quesito, porém, a dermatologista recomenda que os pais ou responsáveis comecem a observar como a pele dos filhos reagem a determinados alimentos para ajudá-los.

“Se a acne ou a formação de cravos for persistente, é importante buscar por um dermatologista. Eles podem prescrever medicamentos tópicos ou orais específicos para tratamento, além de realizar patch testes ao experimentar novos produtos e adaptar a rotina de cuidados com a pele às necessidades específicas”, finaliza Mayla.

Sobre a especialista:

Dermatologista Mayla Carbone é graduada em Medicina pela Universidade Lusíadas (UNILUS – Santos) há mais de 10 anos com residência em Clínica Médica na Santa Casa em São Paulo e em Dermatologia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA-SP). É membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e também da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Já participou de diversos congressos e realizou diversos cursos nacionais e internacionais voltados para especialização.