Home > Gerais > Selgron lança selecionadora óptica com inteligência artificial para classificação de produtos

Selgron lança selecionadora óptica com inteligência artificial para classificação de produtos

default

O modelo ES foi desenvolvido para automatizar e agilizar o processo de classificação e separação de grãos de diversos produtos, desde grãos e sementes até biscoitos, vidros e plásticos. Equipamento conta com um sistema de processamento que separa e classifica por meio de inteligência artifical milhares de quilos por hora

A Selgron, referência em tecnologia para automação industrial e uma das principais marcas brasileiras que desenvolve soluções de automação para o agronegócio, acaba de lançar a Selecionadora ES. Com um sistema de inteligência artificial que automatiza a separação de grãos, a máquina é voltada para o processo de seleção de produtos e pode ser aplicada em indústrias de produção de arroz, café, soja, castanha, canjica e similares.

A Selecionadora ES conta com até oito bandejas de seleção de grãos. Uma série de câmeras com alta tecnologia fazem a leitura dos grãos que passam pela câmara de sensor e jatos de ar separam aqueles identificados pelo rastreamento como fora do padrão. A solução conta ainda com sensores de radiação infravermelho para detecção dos padrões e placas eletrônicas programáveis que detectam e selecionam os grãos de acordo com a qualidade desejada pela empresa. 

“Um dos diferenciais dessa tecnologia é que ela é aplicada em diversas situações da indústria, sendo muito versátil para o agro. Com o software de programação em que o padrão do grão desejado é inserido no sistema, através de fotos captadas no bandeja conforme necessidade do cliente, a empresa pode selecionar diversos padrões e garantir agilidade nesta etapa produtiva. Além disso, é uma tecnologia essencial para garantir qualidade ao produto na hora da embalagem, de acordo com as especificações desejadas para a venda”, destaca Carlos Augusto Bieging, Diretor de Pesquisa da Selgron.

Além da classificação de grãos, os sensores também detectam e eliminam impurezas, desde grãos quebrados até outros produtos que eventualmente possam ser encontrados na seleção, como resquícios de pedras, grãos mau formados e com imperfeições não visíveis pelo olho humano.. “É uma tecnologia crucial para manter o padrão de qualidade e inclusive cumprir com as normas estabelecidas para a separação dos grãos. Com a máquina, a indústria tem a tranquilidade de saber que existe uma varredura automatizada e muito eficiente e que ele ganha em produtividade, qualidade e valor agregado”, reforça o executivo.

A Selgron  desenvolve a solução necessária para a melhor aplicação do equipamento na linha de produção, contando com engenheiros de produtos dedicados a este trabalho, além de testar suas máquinas em laboratório próprio e realiza, inclusive, a programação de acordo com a necessidade do usuário, para garantir a eficiência no momento da seleção. A Selecionadora ES também já está em operação em grandes indústrias dos setores de arroz e café no Brasil.

Presente em mais de 40 países e com mais de 6 mil máquinas instaladas, a Selgron conta com desenvolvimento e produção própria de suas tecnologias, que contemplam todo o processo industrial, da separação à embalagem e paletização dos produtos.