Home > Gerais > Tecnologia é aliada na construção civil e otimiza processos no canteiro de obra 

Tecnologia é aliada na construção civil e otimiza processos no canteiro de obra 

Com a vantagem da flexibilização de demandas, ferramentas contribuem para a gestão do canteiro ao pós-obra.

O setor da construção civil demonstrou crescimento em 2023, de acordo com os dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O PIB do segmento cresceu 0,7% no segundo semestre e a tendência é que ele chegue a crescer de 2,5% a cada ano até 2025. Porém, ainda é um setor que pode crescer em termos de investimento em tecnologia: somente 1,2% da receita é destinada a novas soluções, de acordo com a McKinsey Brasil. 

A tecnologia tem uma importância significativa na construção civil, visto que as ferramentas têm a capacidade de agilizar e melhorar processos que, até então, seriam mais morosos. Além disso, permite maior foco em sustentabilidade, evitando o uso desenfreado de papel. A RAC Engenharia vivenciou isso na prática, segundo Gustavo Sanches, assistente da qualidade, esse detalhe se alinhou ao propósito de sustentabilidade da empresa: “Hoje as aprovações são feitas de maneira digital, não sendo necessário a geração de resíduos”. Já a GPL Incorporadora, empresa que também investiu em inovação, conseguiu reduzir em 99% o uso de papel em seus processos.

O diretor comercial e de marketing da Teclógica, Aloisio Arbegaus, explica que, devido a esses benefícios, a tecnologia está ganhando cada vez mais espaço. “Na construção civil, ainda notamos uma resistência à digitalização, mas o setor vem entendendo que esse é um passo essencial para a rentabilidade e crescimento”, declara. A Teclógica é desenvolvedora do Mobuss Construção, software modular que auxilia construtoras e incorporadoras. A plataforma atende mais de 280 empresas e tem cerca de 25 mil usuários ativos. A proposta do Mobuss é levar a tecnologia até os canteiros de obras, modernizando e agilizando as atividades.

De acordo com Arbegaus, a modernização de processos ajuda a resolver diversos problemas dentro de uma construção. “A tecnologia apoia na tomada de decisão, geração e acompanhamento de indicadores, manutenção e compartilhamento facilitado das informações em tempo real, além de melhorar principalmente a comunicação entre as diversas áreas do negócio”, afirma. 

Como apontado pelo diretor comercial, o uso de tecnologia impacta diretamente na tomada de decisões e na otimização do canteiro. Ao dispor de tecnologias que entreguem panoramas atualizados, dados e registros das obras, informações sobre a equipe e os equipamentos disponíveis, se torna mais fácil decidir o que precisa ser feito para uma obra continuar se desenvolvendo.

Tendências tecnológicas

Quando se fala em novidades na tecnologia, é desafiante acompanhar o ritmo dos novos lançamentos que chegam ao mercado diariamente. A constante atualização de dispositivos, ferramentas e técnicas, como é o caso da Inteligência Artificial, 5G e BIM, por exemplo, pode tornar difícil se manter por dentro do mercado, mas é importante que o setor de construção civil continue se atualizando.

Por conta da flexibilidade oferecida, uma ferramenta que vem sendo muito utilizada são os softwares de gestão. Essa tecnologia tem a vantagem de trabalhar diversas áreas da obra, de acordo com a necessidade da empresa, entregando diferentes tipos de dados que contribuem para o avanço e tomada de decisão. 

É o caso do Mobuss Construção, que oferece soluções personalizadas para empresas do setor. A solução conta com 11 módulos que atendem desde o começo de uma edificação, até o pós-obra, com foco em coletar informações importantes diretamente do canteiro e transformá-las em dados aplicáveis na melhoria contínua. 

A Halsten Incorporadora, empresa que aderiu ao software Mobuss Construção desde 2022, tinha todos os processos da empresa de forma manual. Ao aderir a tecnologia, problemas como a demora nas operações, a perda de documentos e a falta de organização foram resolvidos. “É enorme o tempo economizado com alguns processos do dia a dia, como preenchimento de FVS e controle dos documentos dos terceiros. O Mobuss nos fornece indicadores e podemos tomar decisões mais precisas no dia a dia”, afirmou Antônio Goulart, que atua no setor de qualidade da empresa.